Bem-vindo: 30 Mai 2020 18:28

Todos os horários são GMT - 3 horas




Criar novo tópico Responder  [ 38 mensagens ]  Ir para página Anterior  1, 2, 3, 4  Próximo
Autor Mensagem
 Título: Re: gasolina ou álcool
MensagemEnviado: 30 Set 2019 13:17 
Offline
SILVER MEMBER
SILVER MEMBER

Registrado em: 10 Jan 2013 12:34
Mensagens: 4772
Localização: Montes Claros - M.G.
Essa é uma novidade técnica que eu ainda não sabia, mas é certamente uma regressão diminuir a taxa de compressão de qq motor de 12,5:1 para 11,5:1 pq com isso , se perde em rendimento geral e mesmo que seja feita uma nova recalibração desses motores para essas novas compressões menores, nunca que eles alcançarão os mesmos rendimentos alcançados anteriormente com uma compressão maior !

Já quanto a se tentar diminuir a taxa de compressão por conta própria atravéz dos métodos tradicionais citados, infelizmente isso requer a desmontagem do motor mesmo que parcialmente o que tb entende-se que não seja aconselhável para veículos novos e ainda dentro da garantia de fábrica e pior ainda, não vai produzir nenhum efeito prático compensador !

E esse método de se obstruir parcialmente a entrada de ar na admissão do motor tb não seria a mais acertada pq isso vai reduzir todo o rendimento do motor e com isso, o pequeno motor 3 cil. aspirado da Hyundai ficaria ainda mais fraco ...

Portanto, vejo que essa não foi uma solução bem acertada por parte da engenharia da Hyundai quando se sabe que existem várias outras maneiras de melhorar o rendimento de qq motor flex para adapta-lo a qq mistura de gasolina com etanol.

Óbvio que esse foi apenas um quebra galho barato, já que a intenção da Hyundai sempre foi o da economia de custos e não a de se obter a máxima eficiência dos seus motores como seria o sensato e o correto e assim, pelo menos de mim a dona Hyundai estará livre de me vender um desses novos HB20 1.0 aspirado.

Obs : E com essa besteira feita nesse novo motor 1.0 aspirado da Hyundai, o motor do novo ford Ka 1.0 aspirado vai nadar de braçada em eficiência e rendimento ... rsrsrsrsrs!!!

_________________
Jetta TSI 13/13 cinza platinum, couro beje, unichip, cold air intake, DP sem catalisador.

Creta Prestige 2.0 - 17/18 prata sand - couro marron.

HB20 1.6 confort plus 12/13 cinza titanium.

Opala coupé 1982 - verde metálica, 4400.


Voltar ao topo
 Perfil Enviar mensagem particular  
 
 Título: Re: gasolina ou álcool
MensagemEnviado: 30 Set 2019 13:51 
Offline

Registrado em: 26 Set 2019 08:47
Mensagens: 45
ianisgreek escreveu:
Essa é uma novidade técnica que eu ainda não sabia, mas é certamente uma regressão diminuir a taxa de compressão de qq motor de 12,5:1 para 11,5:1 pq com isso , se perde em rendimento geral e mesmo que seja feita uma nova recalibração desses motores para essas novas compressões menores, nunca que eles alcançarão os mesmos rendimentos alcançados anteriormente com uma compressão maior !

Obs : E com essa besteira feita nesse novo motor 1.0 aspirado da Hyundai, o motor do novo ford Ka 1.0 aspirado vai nadar de braçada em eficiência e rendimento ... rsrsrsrsrs!!!


O Novo Hb20 1.0 agora está bebendo praticamente igual o Ka 1.0 ambos no álcool e na cidade e ainda tem mais arrancada do que o Ka mesmo sem a variação no comando de escape. Eu acho que compressão demais atrapalha pq o que vc ganha na velocidade da reação química da explosão às vezes vc perde em energia gasta pra comprimir esta mistura tornando o motor mais "pesado" de girar então esta é uma questão muito técnica.

https://www.carrosnaweb.com.br/resultco ... 8965-12868


Voltar ao topo
 Perfil Enviar mensagem particular  
 
 Título: Re: gasolina ou álcool
MensagemEnviado: 30 Set 2019 14:14 
Offline
SILVER MEMBER
SILVER MEMBER

Registrado em: 10 Jan 2013 12:34
Mensagens: 4772
Localização: Montes Claros - M.G.
Kappa 1.0 escreveu:
ianisgreek escreveu:
Essa é uma novidade técnica que eu ainda não sabia, mas é certamente uma regressão diminuir a taxa de compressão de qq motor de 12,5:1 para 11,5:1 pq com isso , se perde em rendimento geral e mesmo que seja feita uma nova recalibração desses motores para essas novas compressões menores, nunca que eles alcançarão os mesmos rendimentos alcançados anteriormente com uma compressão maior !

Obs : E com essa besteira feita nesse novo motor 1.0 aspirado da Hyundai, o motor do novo ford Ka 1.0 aspirado vai nadar de braçada em eficiência e rendimento ... rsrsrsrsrs!!!


O Novo Hb20 1.0 agora está bebendo praticamente igual o Ka 1.0 ambos no álcool e na cidade e ainda tem mais arrancada do que o Ka mesmo sem a variação no comando de escape. Eu acho que compressão demais atrapalha pq o que vc ganha na velocidade da reação química da explosão às vezes vc perde em energia gasta pra comprimir esta mistura tornando o motor mais "pesado" de girar então esta é uma questão muito técnica.

https://www.carrosnaweb.com.br/resultco ... 8965-12868



Vi esse comparativo mas vamos ver se na prática do dia a dia, esses resultados irão se confirmar e se vai haver de fato essa igualdade de rendimento entre essas versões de motores, portanto é melhor aguardar a prática !

Arrisco a dizer que haverão esses pequenos ganhos em rendimento apenas com gasolina, mas com certeza que haverão perdas de rendimento com etanol , afinal em mecânica automotiva, nada substitui a compressão real de qq motor a não ser, qq tipo de superalimentação como turbos, superchargers e etc.

Inclusive , tb é um fato já amplamente comprovado em mecânica automotiva que COMPRESSÃO SIGNIFICA POTÊNCIA , portanto vou duvidar sim de que na prática se antes os motores 1.0 aspirados dos HB20 produziam os tais 80 cvs divulgados, hoje com essa nova versão desse motor c/ esse 1 ponto inteiro a menos na compressão, houve sim alguma perda na potência máxima, mas a dona Hyundai espertamente não modificou o anuncio dos valores de potência máxima, porém nada que um bom dinamômetro para desmentir na prática essas fraudes ... rsrsrsrsrs.

Já essa citação de que motores com maiores compressões sejam mais pesados para serem acionados, isso era um fato mais observado na prática e ainda assim apenas nos momentos das partidas e quando não existiam o advento dos sistemas de injeção/ignição eletrônica, portanto hoje esse tipo de citação já se tornou coisa do passado ...

_________________
Jetta TSI 13/13 cinza platinum, couro beje, unichip, cold air intake, DP sem catalisador.

Creta Prestige 2.0 - 17/18 prata sand - couro marron.

HB20 1.6 confort plus 12/13 cinza titanium.

Opala coupé 1982 - verde metálica, 4400.


Voltar ao topo
 Perfil Enviar mensagem particular  
 
 Título: Re: gasolina ou álcool
MensagemEnviado: 04 Out 2019 14:11 
Offline

Registrado em: 26 Set 2019 08:47
Mensagens: 45
ianisgreek escreveu:
Kappa 1.0 escreveu:
ianisgreek escreveu:
Essa é uma novidade técnica que eu ainda não sabia, mas é certamente uma regressão diminuir a taxa de compressão de qq motor de 12,5:1 para 11,5:1 pq com isso , se perde em rendimento geral e mesmo que seja feita uma nova recalibração desses motores para essas novas compressões menores, nunca que eles alcançarão os mesmos rendimentos alcançados anteriormente com uma compressão maior !

Obs : E com essa besteira feita nesse novo motor 1.0 aspirado da Hyundai, o motor do novo ford Ka 1.0 aspirado vai nadar de braçada em eficiência e rendimento ... rsrsrsrsrs!!!


O Novo Hb20 1.0 agora está bebendo praticamente igual o Ka 1.0 ambos no álcool e na cidade e ainda tem mais arrancada do que o Ka mesmo sem a variação no comando de escape. Eu acho que compressão demais atrapalha pq o que vc ganha na velocidade da reação química da explosão às vezes vc perde em energia gasta pra comprimir esta mistura tornando o motor mais "pesado" de girar então esta é uma questão muito técnica.

https://www.carrosnaweb.com.br/resultco ... 8965-12868



Inclusive , tb é um fato já amplamente comprovado em mecânica automotiva que COMPRESSÃO SIGNIFICA POTÊNCIA

Concordo, observe o Argo com o motor Firefly de 1.332 cm3, tem 13.2:1 de taxa e gera 101/109 cv e isso com apenas 8 válvulas e o mais impressionante é que bebe menos que o Hb20 mais econômico (aspirado ou turbo) apesar de ser bem mais pesado.
Outra virtude desse motor é o torque máximo que chega antes de qualquer Hb20 aspirado (3500 contra 4500).

A marca campeã da compressão (14:1), não por acaso, é da Fiat e ostenta um cavalo rampante no capô (mas não é Porsche) em seu modelo 458 Speciale 4.5 V8 de 605cv (134cv por litro!) que inclusive é econômica bebendo praticamente igual um Puma GTB 4.1 que usa 7,8:1 de taxa.(pra comparar só o consumo nos 2 motorzão, esqueça a tecnologia)

O Mobi com motor Firefly é o 1.0 aspirado mais rápido do Brasil disparado com apenas 6 válvulas tb usa 13,2:1 de taxa.

Então hj a Fiat detém o know how da taxa de compressão elevada colhendo bons frutos de eficiência.

O Celta 1.0 de 2001 tinha taxa de 9,4:1 e depois de aumentar pra 12,5:1 quando adicionou o "VHC" (very high compression) em 2003 houve bastante melhora no desempenho mas o mesmo motor passou a gastar mais na cidade. Então na engenharia é um jogo de ganha e perde.
https://www.carrosnaweb.com.br/resultco ... =9287-9294


Voltar ao topo
 Perfil Enviar mensagem particular  
 
 Título: Re: gasolina ou álcool
MensagemEnviado: 04 Out 2019 23:17 
Offline
SILVER MEMBER
SILVER MEMBER

Registrado em: 10 Jan 2013 12:34
Mensagens: 4772
Localização: Montes Claros - M.G.
Apesar do assunto ser um pouco "ff topic" nunca li até agora uma explicação técnica por parte da GM ou de nenhuma publicação especializada para explicar o porque essa nova versão do motor 1.0 VHC apresentou esse maior consumo médio no transito urbano.

Mas pessoalmente, opino que isso deve ser devido a uma calibração específica para lidar com essa maior compressão associado a nossas gasolinas de baixa octanagem, o que favorece o aparecimento das perigosas e nocivas detonações.

Pq quanto mais elevada for a compressão de qq motor, maior tb será a temperatura média de trabalho desse motor e rodando apenas no transito urbano e em velocidades menores, a ventilação do motor é mais deficiente e por causa disso, a calibração desse motor pode ter sido voltada não para se obter uma máxima economia de combustível, mas para lidar com a consequência dessa compressão elevada gerando mais calor e ainda tendo de suportar as gasolinas de baixa octanagem, portanto esses fatos são contrários e que não se combinam entre sí.

Já circulando em rodovias, esse motor GM 1.0 na versão VHC mostrou um consumo médio menor do que a versão anterior de baixa compressão, confirmando assim a teoria acima citada !

Mas se pudesse ser abastecido c/ etanol, esse motor VHC teria o seu rendimento geral levemente melhorado comparado com qq das gasolinas.

É isso aí colegas, valeu !

_________________
Jetta TSI 13/13 cinza platinum, couro beje, unichip, cold air intake, DP sem catalisador.

Creta Prestige 2.0 - 17/18 prata sand - couro marron.

HB20 1.6 confort plus 12/13 cinza titanium.

Opala coupé 1982 - verde metálica, 4400.


Voltar ao topo
 Perfil Enviar mensagem particular  
 
 Título: Re: gasolina ou álcool
MensagemEnviado: 28 Out 2019 10:28 
Offline

Registrado em: 26 Jun 2019 21:58
Mensagens: 52
robsonkobayashi escreveu:
ianisgreek escreveu:
robsonkobayashi escreveu:
Sempre preferi usar a gasolina, até pq o preço do álcool na minha cidade é bem próximo da gasolina (alcool=~3,30 x gasolina=~3,90). Vou ver se acho um posto confiável e abastercer com álcool no HB20.

Minha experiência com o motor Kappa 1.0 do Picanto, o mesmo do HB20S não foi muito boa quando abasteci com álcool e daí só passei a usar gasolina.



É bem estranha e curiosa essa citação , pq a taxa de compressão dos motores kappa 1.0 flex da linha HB20 e Kia é de altos 12,5:1 o que significa que esse motor adora e prefere sempre o etanol do que essas nossas gasolinas, exatamente devido a elevada octanagem do etanol quando comparado com a pobre e baixa octanagem das nossas gasolinas que não combinam em nada com os motores flex de elevada compressão.

Inclusive aqui no forum, eu mesmo já li vários comentários de colegas que tem HB20 1.0 aspirado e eles afirmaram que ao experimentarem o etanol nesse pequeno motor, perceberam que ele de fato mostrou um desempenho levemente melhor do que quando abasteciam com gasolinas ...

É isso aí, valeu !



Na verdade é trauma mesmo, pq das vezes q abastecemos com álcool, o motor não pegou (apesar do tanque de partida a frio estar com gasolina), já li que tem que andar x km pra poder reconhecer e tal, mas nos outros carros (Pajero TR4, Stilo, Gol, Fiesta, etc.) q alterei de combustível nunca tive esses problemas. Como esse novo HB20S não tem esse tanque, creio que tenham melhorado essa flexibilidade de mudança de combustível.


E não deu outra, o tanque do Picanto estava na reserva com gasolina aditivada, tinha gasolina no reservatório de partida a frio. Ontem de manhã abasteci com álcool, no final da tarde pegou normal, de noite tbm. Hj de manhã, não pegou.

No HB20S que não tem o tanque de partida a frio funciona normal, mas no Picanto não tem jeito.

_________________
HB20S 1.6 Automático 2016 Premium
KIA Picanto 2012 Automático

(Volkswagem Gol 2016 G6 1.0)
(Fiat Stilo 2008)
(Mitsubishi Pajero TR4 2009/10)
(Peugeot 206 1.0 2004)
(Ford Fiesta Street 1.0 2001)


Voltar ao topo
 Perfil Enviar mensagem particular  
 
 Título: Re: gasolina ou álcool
MensagemEnviado: 28 Out 2019 10:49 
Offline
SILVER MEMBER
SILVER MEMBER

Registrado em: 10 Jan 2013 12:34
Mensagens: 4772
Localização: Montes Claros - M.G.
Robson, pode ser que depois de vc ter abastecido esse Picanto apenas com etanol, que vc não tenha rodado o suficiente para ocorrer o completo aprendizado pela ECU do motor dessa mudança brusca de combustível e se vc percebeu que ele ainda funcionou bem logo após abastece-lo com etanol, era pq o motor já estava bem quente o que facilitava o seu funcionamento mesmo com 100% de etanol, apesar do aprendizado não estar ainda 100% concluído.

Mas na partida a frio na manhã seguinte, já faltou para a ECU desse veículo, esse total aprendizado para fazer o motor ligar perfeitamente logo na 1ª tentativa mesmo com 100% etanol no tanque.

Obs : Por isso que normalmente, ainda se faz necessário em muitos modelos de veículos flex, percorrer pelo menos de uns 10 a 12 kms ou uns 45 minutos de funcionamento constante do motor logo após abastecer e trocar o combustível para se completar os 100% desse ciclo de aprendizado necessários a ECU do veículo para que o motor funcione perfeito c/ qq dos combustíveis.

E aproveitando essa oportunidade, informo que felizmente com o advento dessas modernas injeções diretas eletrônicas de combustível, que até já se tornou coisa do passado todos esses problemas de dificuldades de partidas a frio dos motores flex com 100% de etanol no tanque, devido às altíssimas pressões de trabalho a que é pulverizado o etanol pelos injetores nas câmaras de combustão dos cilindros dos motores, o que proporciona uma imediata e segura partida a frio, mesmo em temperaturas ambientes inferiores a zero grau cent.

E os novos HB20 2020 nas versões c/ o atual motor 1.0 turbo já dispõe dessa útil e insubstituível tecnologia de ponta dessas novas injeções diretas de combustível.

É isso aí, valeu !

_________________
Jetta TSI 13/13 cinza platinum, couro beje, unichip, cold air intake, DP sem catalisador.

Creta Prestige 2.0 - 17/18 prata sand - couro marron.

HB20 1.6 confort plus 12/13 cinza titanium.

Opala coupé 1982 - verde metálica, 4400.


Voltar ao topo
 Perfil Enviar mensagem particular  
 
 Título: Re: gasolina ou álcool
MensagemEnviado: 28 Out 2019 20:17 
Offline

Registrado em: 26 Jun 2019 21:58
Mensagens: 52
ianisgreek escreveu:
Robson, pode ser que depois de vc ter abastecido esse Picanto apenas com etanol, que vc não tenha rodado o suficiente para ocorrer o completo aprendizado pela ECU do motor dessa mudança brusca de combustível e se vc percebeu que ele ainda funcionou bem logo após abastece-lo com etanol, era pq o motor já estava bem quente o que facilitava o seu funcionamento mesmo com 100% de etanol, apesar do aprendizado não estar ainda 100% concluído.

Mas na partida a frio na manhã seguinte, já faltou para a ECU desse veículo, esse total aprendizado para fazer o motor ligar perfeitamente logo na 1ª tentativa mesmo com 100% etanol no tanque.

Obs : Por isso que normalmente, ainda se faz necessário em muitos modelos de veículos flex, percorrer pelo menos de uns 10 a 12 kms ou uns 45 minutos de funcionamento constante do motor logo após abastecer e trocar o combustível para se completar os 100% desse ciclo de aprendizado necessários a ECU do veículo para que o motor funcione perfeito c/ qq dos combustíveis.


Andei quase 30km, era pra ter aprendido hehe. Enfim, depois desconectei/conectei a bateria e já era quase 11h e após insistir ele pegou. Coloquei 3L de gasolina. Estacionei no sol e 18:30 ao dar a partida demorou para pegar novamente. Completei o tanque de partida a frio e tbm o tanque com Shell V-Power. Vms ver como vai se comportar amanhã de manhã.

_________________
HB20S 1.6 Automático 2016 Premium
KIA Picanto 2012 Automático

(Volkswagem Gol 2016 G6 1.0)
(Fiat Stilo 2008)
(Mitsubishi Pajero TR4 2009/10)
(Peugeot 206 1.0 2004)
(Ford Fiesta Street 1.0 2001)


Voltar ao topo
 Perfil Enviar mensagem particular  
 
 Título: Re: gasolina ou álcool
MensagemEnviado: 28 Out 2019 23:15 
Offline
SILVER MEMBER
SILVER MEMBER

Registrado em: 10 Jan 2013 12:34
Mensagens: 4772
Localização: Montes Claros - M.G.
Eu ainda vou acreditar que nesse caso aqui existe certamente algo de errado com a mecânica desse Picanto para ele estar assim preferindo a gasolina do que etanol para funcionar melhor ...

E como não conheço de perto o histórico da manutenção preventiva desse veículo desde que ele era ainda zero KM até agora, seria recomendado de início verificar o estado do filtro de combustível e de ar , o estado das velas e das bobinas de ignição e tb o estado da sonda lambda do escape, a pressão da bomba de combustível além de outros sensores do sistema de injeção desse motor, como medidas envolvidas mais diretamente nessa situação aqui citada.

Uma escaneada na ECU dele tb poderá mostrar se existe algum código de falha armazenada, o que pode ajudar a desvendar esse mistério dessa curiosa e estranha preferencia desse motor em funcionar melhor com as gasolinas do que com o etanol.

Enfim, seria como dar uma boa afinada geral nesse motor e posso apostar que assim ele vai melhorar bem mais o seu funcionamento geral tanto com gasolina ou com etanol.

Além disso, não custa repetir aqui tb que TODOS os veículos flex sem absolutamente nenhuma excessão , jamais poderão mostrar alguma leve preferencia em funcionar melhor com as gasolinas do que com o etanol , pq isso demonstra sim obviamente que existe algo de errado atrapalhando a obtenção do rendimento mais próximo do ideal para qq dos tipos de combustível abastecido.

Mas admite-se sim como um fato normal que com etanol, sempre se obterá em qq dos motores flex, um pouco mais de desempenho do que com as gasolinas e a mesma facilidade nas partidas a frio, afinal esse é o objetivo de qq projeto de motor flex , desde o inicio de sua criação.

Boa sorte colega !

_________________
Jetta TSI 13/13 cinza platinum, couro beje, unichip, cold air intake, DP sem catalisador.

Creta Prestige 2.0 - 17/18 prata sand - couro marron.

HB20 1.6 confort plus 12/13 cinza titanium.

Opala coupé 1982 - verde metálica, 4400.


Voltar ao topo
 Perfil Enviar mensagem particular  
 
 Título: Re: gasolina ou álcool
MensagemEnviado: 28 Out 2019 23:49 
Offline
SILVER MEMBER
SILVER MEMBER

Registrado em: 10 Jan 2013 12:34
Mensagens: 4772
Localização: Montes Claros - M.G.
E tb considero valer à pena repetir aqui uma dica de ouro sobre todos os motores flex :

Muito cuidado deve ser tomado pelos motoristas que insistem em abastecer os seus veículos flex apenas com gasolinas, pq devido a péssima qualidade da composição delas, elas vão carbonizando e impregnando com resíduos de carvão bem mais fácil e rapidamente, todas as peças do interior desses motores incluindo os sensores, as velas de ignição, os sensores de oxigênio dos escapes (sonda lambda) enfim, todo o cabeçote além de pistons e anéis e depois, quando um dia esse dono resolver talvez devido a alguma vantagem observada no abastecimento ao optar em abastecer com o etanol, podem então surgir alguma estranheza de funcionamento e o motor talvez não funcione 100% perfeito, ou seja, a culpa poderá ser com plena certeza das gasolinas mas nunca do etanol.

Mas infelizmente, isso já é um velho fato comprovado de que sempre a culpa vai cair sobre o pobre do etanol e nunca nesses nossos LIXOS de gasolinas e essa é a nossa atual realidade e que ainda está bem longe de um dia ter um final feliz ...

Essa é uma reação normal do sistema flex que quando fica carbonizado e impregnado de carvão resultante da queima incompleta das gasolinas devido ao longo uso apenas abastecendo com gasolinas devido a péssima composição dessas nossas gasolinas que deixam muitos resíduos de carvão e depois isso poderá eventualmente atrapalhar o correto funcionamento desse motor flex quando ele for abastecido com o etanol.

Ou seja, é uma velha realidade que as gasolinas sujam bem mais fácil internamente qq motor flex e depois é o pobre do etanol quem terá a árdua e ingrata tarefa de tentar fazer toda essa faxina interna pq na realidade ele age como um detergente, mas lembrem-se que tudo nessa vida sempre tem um LIMITE lógico !

Como exemplo, cito aqui o meu atual HB20 1.6 13/13 comprado zero KM ainda lá no final de 2012 e agora com 60700 kms rodados , ele NUNCA, JAMAIS , sequer foi abastecido apenas uma única vez com qq das nossas gasolinas, mas apenas com a mistura mágica dos 80% a 85% de etanol e os restantes 15% a 20% de gasolina e isso é apenas para fazer o etanol render um pouco mais em kms/l e nada mais além disso.

E o resultado prático disso, o funcionamento dele sempre foi liso e perfeito, respondendo com vontade desde as baixas rotações e mostrando um ótimo torque e potência, tanto no transito urbano e tb em alguma ocasional viagem por rodovia e isso em qq estação do ano mostrando partidas a frio imediatas e a ponteira do escape dele sempre se mostra super limpa e sem carbonizações escuras, sinal óbvio de que tb dentro do seu motor, tudo se mantém limpo como deve ser sem as carbonizações, que as nossas gasolinas tratam logo de sujar tudo bem sutilmente porém progressivamente e com uma inegável e constante insistência.

São feitas nesse HB20, somente as revisões normais previstas no seu manual com trocas de oleos, filtros e as velas de ignição originais foram por mim substituídas pelas de iridium , mas além disso, nenhuma outra peça ou sensor do sistema de injeção nunca necessitou até o momento ser substituída.

E eu atribuo certamente ao nobre e limpo etanol, todo esse sucesso obtido com esse meu HB20, nessa sua atual conservação e no ótimo funcionamento e rendimento que eu sempre obtive com esse motor dele.

Obs : Quanto as melhores gasolinas aditivadas de que dispomos atualmente, na minha opinião encabeçando essa lista em eficiência, cito a DT Clean da Ipiranga e em seguida a Shell V Power nitro, as demais se mostrando mais fracas na prática quanto ao poder de limpeza interna dos motores mas mesmo assim, elas tb estão longe de conseguir manter um motor sempre limpo internamente como sempre fará o nosso nobre etanol, além de todas as demais comprovadas vantagens desse combustível vegetal como oferecer sempre um leve melhor desempenho a qq dos motores flex.

É isso aí colegas, valeu !

_________________
Jetta TSI 13/13 cinza platinum, couro beje, unichip, cold air intake, DP sem catalisador.

Creta Prestige 2.0 - 17/18 prata sand - couro marron.

HB20 1.6 confort plus 12/13 cinza titanium.

Opala coupé 1982 - verde metálica, 4400.


Voltar ao topo
 Perfil Enviar mensagem particular  
 
Exibir mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar novo tópico Responder  [ 38 mensagens ]  Ir para página Anterior  1, 2, 3, 4  Próximo

Todos os horários são GMT - 3 horas


Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante


Enviar mensagens: Proibido
Responder mensagens: Proibido
Editar mensagens: Proibido
Excluir mensagens: Proibido
Enviar anexos: Proibido

Ir para:  








Powered by phpBB © 2000, 2002, 2005, 2007 phpBB Group
Traduzido por: Suporte phpBB